Acesse também:

Facebook Twitter Orkut

Hoje é 28 de Maio de 2020 - 06:19h

Cadernos
Rodeios
voltar

Circuito Nacional de Rodeio abre temporada 2020

Criado em 2018, CNR tem como objetivo fortalecer o esporte Três Tambores dentro dos rodeios da região

Imagem: Depositphotos

Imagem: Depositphotos

A primeira etapa do Circuito Nacional de Rodeio aconteceu em Ouro Verde do Oeste/PR de 22 a 24 de fevereiro. De acordo com os números da organização, 72 competidoras na categoria Feminino e 24 na Mirim abrilhantaram a abertura da terceira temporada do CNR. Representaram, sobretudo, além do Paraná, os estados de Santa Catarina, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

O destaque foi para a paulista Mayana Muniz. Com Miss Question Shiner, a competidora viajou 650 quilômetros para começar a seguir o CNR. Desse modo, diretamente de Araçatuba Mayana foi a campeã da etapa com 36s856. Além disso, foi dela o melhor tempo da pista em todo o final de semana, 12s143.

Detentora de outros títulos importantes, uma das veteranas do esporte Três Tambores e figurinha carimbada nos rodeios, Mayana era favorita por ter chegado à final liderando na soma de tempos. A vantagem a ajudou já que ela fez apenas o sexto tempo passada decisiva.

Na final, o destaque foi para Maria Clara Rojas, montando The Creekinator Jet. Foi dela o menor tempo da última passada, 12s248. Dessa forma, Maria Clara garantiu o segundo lugar da etapa, 36s886.

Expectativas
Para Amanda Gelly, idealizadora e gestora do CNR, a expectativa para temporada 2020 é a melhor de todas. “Estamos prevendo um excelente ano para o Circuito Nacional de Rodeio. A cada temporada gostamos de inovar e para esse ano estamos montando uma mini-serie de vídeos com as competidoras falando um pouco sobre o CNR e os Três Tambores”.

Conforme ela conta, todos estão animados e aguardando ansiosos pelo lançamento. Outra novidade é o formato do ranking. Antes por pontos e agora por dinheiro ganho a cada etapa. Somente as dez finalistas recebem premiação em dinheiro e os valores irão direto para o ranking.

O CNR lançou ainda para o terceiro campeonato a categoria Mirim. “Foi impressionante a adesão das meninas. Acima de tudo, o encantamento do publico”, revela Amanda. Nessa categoria, cinco conjuntos chegam à final.

O destaque foi para Eduarda Casagrande Cardoso, a grande campeã dessa etapa, ao somar 40s360. Amanda aponta ainda Ana Livia Zago Fernandes por ter feito o melhor tempo entre as mirins, 12s863.

A próxima etapa está marcada para o segundo final de semana de abril, durante a Expolondrina/PR. Fique por dentro: fb/cnrtrestambores. Resultados completos no SGP Sistema.

Fonte: Cavalus, escrita por Luciana Omena

Circuito Nacional de Rodeio abre temporada 2020

03/03/2020

A primeira etapa do Circuito Nacional de Rodeio aconteceu em Ouro Verde do Oeste/PR de 22 a 24 de fevereiro. De acordo com os números da organização, 72 competidoras na categoria Feminino e 24 na Mirim abrilhantaram a abertura da terceira temporada do CNR. Representaram, sobretudo, além do Paraná, os estados de Santa Catarina, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

O destaque foi para a paulista Mayana Muniz. Com Miss Question Shiner, a competidora viajou 650 quilômetros para começar a seguir o CNR. Desse modo, diretamente de Araçatuba Mayana foi a campeã da etapa com 36s856. Além disso, foi dela o melhor tempo da pista em todo o final de semana, 12s143.

Detentora de outros títulos importantes, uma das veteranas do esporte Três Tambores e figurinha carimbada nos rodeios, Mayana era favorita por ter chegado à final liderando na soma de tempos. A vantagem a ajudou já que ela fez apenas o sexto tempo passada decisiva.

Na final, o destaque foi para Maria Clara Rojas, montando The Creekinator Jet. Foi dela o menor tempo da última passada, 12s248. Dessa forma, Maria Clara garantiu o segundo lugar da etapa, 36s886.

Expectativas
Para Amanda Gelly, idealizadora e gestora do CNR, a expectativa para temporada 2020 é a melhor de todas. “Estamos prevendo um excelente ano para o Circuito Nacional de Rodeio. A cada temporada gostamos de inovar e para esse ano estamos montando uma mini-serie de vídeos com as competidoras falando um pouco sobre o CNR e os Três Tambores”.

Conforme ela conta, todos estão animados e aguardando ansiosos pelo lançamento. Outra novidade é o formato do ranking. Antes por pontos e agora por dinheiro ganho a cada etapa. Somente as dez finalistas recebem premiação em dinheiro e os valores irão direto para o ranking.

O CNR lançou ainda para o terceiro campeonato a categoria Mirim. “Foi impressionante a adesão das meninas. Acima de tudo, o encantamento do publico”, revela Amanda. Nessa categoria, cinco conjuntos chegam à final.

O destaque foi para Eduarda Casagrande Cardoso, a grande campeã dessa etapa, ao somar 40s360. Amanda aponta ainda Ana Livia Zago Fernandes por ter feito o melhor tempo entre as mirins, 12s863.

A próxima etapa está marcada para o segundo final de semana de abril, durante a Expolondrina/PR. Fique por dentro: fb/cnrtrestambores. Resultados completos no SGP Sistema.

Imagem: Depositphotos

Jornal do Rodeio

Acesse também:

Facebook Orkut Twitter