Acesse também:

Facebook Twitter Orkut

Hoje é 04 de Abril de 2020 - 02:13h

Cadernos
Rodeios
voltar

Classificados pela Liga Nacional de Rodeio falaram sobre suas experiências no The American

Muitas vezes o sonho é mantido através de incentivos. Montar em Barretos, montar na América é um sonho real em cada competidor espalhado por esse Brasil.

Imagem: Depositphotos

Imagem: Depositphotos

Descobrir novos talentos é algo praticado pela Liga Nacional de Rodeio todos os anos. Centenas de competidores de diferentes e diversos estados realizaram o sonho de montar na maior Festa do Peão da América Latina, que é Barretos, porém, desde que a parceria com o The American foi firmada, o sonho não para em Barretos, o sonho continua até o The American, ao mesmo tempo que cada competidor ganha a oportunidade de estar em Barretos já faz uma conexão de sonhos até o The American.

Entre os quatro classificados pela Liga Nacional de Rodeio para as semifinais do The American, dois estavam fazendo estreia nos EUA. André Cruz e Victor Crespo, se juntaram a Alan de Souza, e Manoelito Junior.

Nenhum deles conseguiram avançar no The American, porém, o sonho não acabou, porque na verdade estar no The American foi a realização do sonho

André da Cruz, Ribas do Rio Pardo (MS), foi o vice-campeão da Liga Nacional de Rodeio.

"O Sonho faz a gente quebrar barreiras, eu nunca quis fazer um voo, eu morria de medo" Explica André "É tudo diferente, a língua, tudo, mas estou realizado, foi um longo trajeto até aqui, e a Liga Nacional de Rodeio, nos ajudou bastante nisso, não conseguimos a vaga, mas conseguimos chegar aqui, o que é muito complicado, então só tenho a agradecer a Deus por poder realizar esse sonho da minha carreira"

Classificado pela seletiva do The American Run, onde foi campeão, Victor Crespo, de Itaúna (MG)

"É tudo muito bom, é um marco importante para minha carreira, montei em alguns rodeios, antes da semifinal do The American, estou muito contente mesmo" Explica "A Liga Nacional de Rodeio foi importantíssima nessa realização de um sonho, eu soube aproveitar as oportunidades desde as seletivas, Barretos, até aqui"

"Não avançamos na competição, mas de forma alguma volto para casa como um derrotado, foi um vitória estar aqui, foi sim uma realização de um sonho, estar aqui nos EUA, todos sabem a dificuldade de vir, quantos competidores até mais capacitados que eu não conseguiram visto, então sou grato a Liga Nacional de Rodeio por essa realização"

As semifinais terminaram no dia 01 de março, e o The American acontece nos dias 07 e 08 de março.

Dois competidores que já se classificaram pelas semifinais do The American, continuam na competição.

Cláudio Montanha, campeão da Liga Nacional de Rodeio em 2016, montanha chegou aos EUA, para as competições do The American em 2017, onde avançou da semifinal e foi vice-campeão do The American, por muito pouco não conquistou o milhão de dólares. Montanha venceu os dois touros que montou na semifinal e garantiu vaga.

João Ricardo Vieira, que em 2019 conseguiu vaga para a semifinal do The American pelas Liga Nacional de Rodeio, já que terminou temporada 2018 na terceira posição em Barretos.

João foi o campeão do The American em 2019, ganhando 433 mil dólares, ele também venceu os dois touros da semifinal e avançou para mais um The American, lembrando que João venceu a competição duas vezes.

Em resumo os brasileiros classificados para o The American são, João Ricardo Vieira, Claudio Montanha na modalidade touros, os dois estão aptos a concorrer ao milhão de bônus já que se classificaram pela semifinal. Junior Nogueira, no Team Roping é convidado então ele concorre apenas aos cem mil dólares de campeão da cada modalidade.

Sobre Transmissão: Não passa no Ride Pass. É transmitido por uma TV a Cabo lá nos EUA que se chama Cowboy Chanel, não passa pela internet.

Fonte: Vila Show, escrita por Eugênio José

Classificados pela Liga Nacional de Rodeio falaram sobre suas experiências no The American

10/03/2020

Descobrir novos talentos é algo praticado pela Liga Nacional de Rodeio todos os anos. Centenas de competidores de diferentes e diversos estados realizaram o sonho de montar na maior Festa do Peão da América Latina, que é Barretos, porém, desde que a parceria com o The American foi firmada, o sonho não para em Barretos, o sonho continua até o The American, ao mesmo tempo que cada competidor ganha a oportunidade de estar em Barretos já faz uma conexão de sonhos até o The American.

Entre os quatro classificados pela Liga Nacional de Rodeio para as semifinais do The American, dois estavam fazendo estreia nos EUA. André Cruz e Victor Crespo, se juntaram a Alan de Souza, e Manoelito Junior.

Nenhum deles conseguiram avançar no The American, porém, o sonho não acabou, porque na verdade estar no The American foi a realização do sonho

André da Cruz, Ribas do Rio Pardo (MS), foi o vice-campeão da Liga Nacional de Rodeio.

"O Sonho faz a gente quebrar barreiras, eu nunca quis fazer um voo, eu morria de medo" Explica André "É tudo diferente, a língua, tudo, mas estou realizado, foi um longo trajeto até aqui, e a Liga Nacional de Rodeio, nos ajudou bastante nisso, não conseguimos a vaga, mas conseguimos chegar aqui, o que é muito complicado, então só tenho a agradecer a Deus por poder realizar esse sonho da minha carreira"

Classificado pela seletiva do The American Run, onde foi campeão, Victor Crespo, de Itaúna (MG)

"É tudo muito bom, é um marco importante para minha carreira, montei em alguns rodeios, antes da semifinal do The American, estou muito contente mesmo" Explica "A Liga Nacional de Rodeio foi importantíssima nessa realização de um sonho, eu soube aproveitar as oportunidades desde as seletivas, Barretos, até aqui"

"Não avançamos na competição, mas de forma alguma volto para casa como um derrotado, foi um vitória estar aqui, foi sim uma realização de um sonho, estar aqui nos EUA, todos sabem a dificuldade de vir, quantos competidores até mais capacitados que eu não conseguiram visto, então sou grato a Liga Nacional de Rodeio por essa realização"

As semifinais terminaram no dia 01 de março, e o The American acontece nos dias 07 e 08 de março.

Dois competidores que já se classificaram pelas semifinais do The American, continuam na competição.

Cláudio Montanha, campeão da Liga Nacional de Rodeio em 2016, montanha chegou aos EUA, para as competições do The American em 2017, onde avançou da semifinal e foi vice-campeão do The American, por muito pouco não conquistou o milhão de dólares. Montanha venceu os dois touros que montou na semifinal e garantiu vaga.

João Ricardo Vieira, que em 2019 conseguiu vaga para a semifinal do The American pelas Liga Nacional de Rodeio, já que terminou temporada 2018 na terceira posição em Barretos.

João foi o campeão do The American em 2019, ganhando 433 mil dólares, ele também venceu os dois touros da semifinal e avançou para mais um The American, lembrando que João venceu a competição duas vezes.

Em resumo os brasileiros classificados para o The American são, João Ricardo Vieira, Claudio Montanha na modalidade touros, os dois estão aptos a concorrer ao milhão de bônus já que se classificaram pela semifinal. Junior Nogueira, no Team Roping é convidado então ele concorre apenas aos cem mil dólares de campeão da cada modalidade.

Sobre Transmissão: Não passa no Ride Pass. É transmitido por uma TV a Cabo lá nos EUA que se chama Cowboy Chanel, não passa pela internet.

Imagem: Depositphotos

Jornal do Rodeio

Acesse também:

Facebook Orkut Twitter