Acesse também:

Facebook Twitter Orkut

Hoje é 18 de Julho de 2018 - 01:26h

Cadernos
Rodeios
voltar

Cooper Davis venceu em Chicago pela PBR

O atleta de 23 anos teve sucesso nesse boi durante as finais mundiais de 2016

Imagem retirada de http://www.violashow.com.br/noticias/esportes/2018/01/16/cooper-davis-venceu-em-chicago-pela-pbr.html#.Wl8p13lG3IU

Imagem retirada de http://www.violashow.com.br/noticias/esportes/2018/01/16/cooper-davis-venceu-em-chicago-pela-pbr.html#.Wl8p13lG3IU

Em frente a uma multidão recorde neste domingo, 14 de janeiro, na Allstate Arena, o campeão mundial da PBR em 2016 Cooper Davis, de Jasper, Texas, venceu a etapa de Chicago, da 25th PBR: Unleash The Beast Series - Anniversary Tour, ao marcar sua primeira nota na casa dos 90 pontos na temporada. Davis escolheu Catfish John para montar a decidir o título, um touro que tem uma boa história com ele.

O atleta de 23 anos teve sucesso nesse boi durante as finais mundiais de 2016, quando marcou 91 pontos no quinto round, nota que o levou ao título. Um ano depois, Davis e Catfish John se encontraram novamente e dessa vez Davis marcou 89.5 pontos para ajudar o time americano a levar o título da PBR Global Cup, em novembro. Agora, na segunda etapa da nova temporada, Davis anotou mais uma montaria bem-sucedida neste touro, 91,25 pontos, selando seu aproveitamento de 100% no rodeio e a vitória.

Um dos nomes fortes da PBR e que, sem dúvida, vai em busca de mais um título mundial esse ano, ganhou US$ 38.265,00 e 580 pontos para o ranking, assumindo a liderança. Ele está à frente de Gage Gay, de Staley, North Carolina, por 80 pontos.

Segundo e terceiros colocados em Chicago são brasileiros. O segundo lugar foi para Claudio Montanha Jr., que somou US$ 15.650,00 e 330 pontos para o ranking mundial. Ele também parou em todos os touros que montou na etapa. Foi o último a montar na tarde de domingo e, por pouco, o título não ficou com ele. Mesmo parando no Cut The Cord, a nota 87.25 pontos não foi suficiente para superar a soma total de Davis. Mas com duas boas colocações neste começo de temporada, Montanha está em terceiro no ranking mundial, 190 pontos atrás do líder.

Dener Barbosa segue embolado entre os primeiros do ranking mundial também. Vem mantendo uma boa fase e aproveitando os touros que tem montado. Não caiu em Chicago. A premiação pelo terceiro lugar foi de US$ 11.250,00 e 235 pontos para o ranking. O brasileiro já está pronto para a próxima etapa em Oklahoma City. Ainda entre os cinco melhores da etapa, o brasileiro veterano Valdiron de Oliveira, que parece ter mesmo voltado com tudo após uma breve aposentadoria. São sete montarias e sete paradas desde então, o único competidor invicto da temporada, e o terceiro lugar no ranking mundial.

Guilherme Marchi, sexto colocado, e João Ricardo Vieira, nono, completam a lista dos 'brazucas' entre os dez melhores desse rodeio. João Ricardo, inclusive, venceu a primeira rodada em Chicago, empatado com Cooper Davis. Dos dez melhores do ranking mundial, seis brasileiros já despontam. A próxima parada da série principal da PBR será em Oklahoma, dias 20 e 21 de janeiro.

Fonte: Viola Show, com informações do Cavalus

Cooper Davis venceu em Chicago pela PBR

17/01/2018

Em frente a uma multidão recorde neste domingo, 14 de janeiro, na Allstate Arena, o campeão mundial da PBR em 2016 Cooper Davis, de Jasper, Texas, venceu a etapa de Chicago, da 25th PBR: Unleash The Beast Series - Anniversary Tour, ao marcar sua primeira nota na casa dos 90 pontos na temporada. Davis escolheu Catfish John para montar a decidir o título, um touro que tem uma boa história com ele.

O atleta de 23 anos teve sucesso nesse boi durante as finais mundiais de 2016, quando marcou 91 pontos no quinto round, nota que o levou ao título. Um ano depois, Davis e Catfish John se encontraram novamente e dessa vez Davis marcou 89.5 pontos para ajudar o time americano a levar o título da PBR Global Cup, em novembro. Agora, na segunda etapa da nova temporada, Davis anotou mais uma montaria bem-sucedida neste touro, 91,25 pontos, selando seu aproveitamento de 100% no rodeio e a vitória.

Um dos nomes fortes da PBR e que, sem dúvida, vai em busca de mais um título mundial esse ano, ganhou US$ 38.265,00 e 580 pontos para o ranking, assumindo a liderança. Ele está à frente de Gage Gay, de Staley, North Carolina, por 80 pontos.

Segundo e terceiros colocados em Chicago são brasileiros. O segundo lugar foi para Claudio Montanha Jr., que somou US$ 15.650,00 e 330 pontos para o ranking mundial. Ele também parou em todos os touros que montou na etapa. Foi o último a montar na tarde de domingo e, por pouco, o título não ficou com ele. Mesmo parando no Cut The Cord, a nota 87.25 pontos não foi suficiente para superar a soma total de Davis. Mas com duas boas colocações neste começo de temporada, Montanha está em terceiro no ranking mundial, 190 pontos atrás do líder.

Dener Barbosa segue embolado entre os primeiros do ranking mundial também. Vem mantendo uma boa fase e aproveitando os touros que tem montado. Não caiu em Chicago. A premiação pelo terceiro lugar foi de US$ 11.250,00 e 235 pontos para o ranking. O brasileiro já está pronto para a próxima etapa em Oklahoma City. Ainda entre os cinco melhores da etapa, o brasileiro veterano Valdiron de Oliveira, que parece ter mesmo voltado com tudo após uma breve aposentadoria. São sete montarias e sete paradas desde então, o único competidor invicto da temporada, e o terceiro lugar no ranking mundial.

Guilherme Marchi, sexto colocado, e João Ricardo Vieira, nono, completam a lista dos 'brazucas' entre os dez melhores desse rodeio. João Ricardo, inclusive, venceu a primeira rodada em Chicago, empatado com Cooper Davis. Dos dez melhores do ranking mundial, seis brasileiros já despontam. A próxima parada da série principal da PBR será em Oklahoma, dias 20 e 21 de janeiro.

Imagem retirada de http://www.violashow.com.br/noticias/esportes/2018/01/16/cooper-davis-venceu-em-chicago-pela-pbr.html#.Wl8p13lG3IU

Jornal do Rodeio

Acesse também:

Facebook Orkut Twitter