Acesse também:

Facebook Twitter Orkut

Hoje é 20 de Agosto de 2019 - 06:32h

Cadernos
Rodeios
voltar

João Ricardo Vieira conquistou o terceiro Iron Cowboy da PBR americana

João foi o único a para em três touros e o único a parar no touro da terceira rodada.

Imagem retirada de http://www.violashow.com.br/noticias/esportes/2019/02/26/joao-ricardo-vieira-conquistou-o-terceiro-iron-cowboy-da-pbr-americana.html#.XHUoRaCnfcc

Imagem retirada de http://www.violashow.com.br/noticias/esportes/2019/02/26/joao-ricardo-vieira-conquistou-o-terceiro-iron-cowboy-da-pbr-americana.html#.XHUoRaCnfcc

O nome dele é João Ricardo Vieira, mas pode chamar de João Ricardo 'Iron Cowboy' Vieira. De Itatinga, o brasileiro chegou ao recorde do terceiro título na etapa Iron Cowboy da Professional Bull Riders. Uma multidão no STAPLES Center, em Los Angeles, o aplaudiu de pé. Além desses, ele também foi Iron Cowboy ano passado pela PBR Brasil, no rodeio de Americana.

João foi o único a para em três touros e o único a parar no touro da terceira rodada. Aliás, para selar de vez o título de Cowboy de Aço 2019, ele marcou nada menos que 90,25 pontos a bordo de Cochise. Ganhar essa etapa estava nos planos de todos os atletas, por conta da alta pontuação.

Nesse evento Major da PBR, um formato especial é aplicado. A cada rodada, só quem atinge os oito segundos regulamentares avança para a rodada seguinte. De terceiro melhor do mundo, João agora é o número dois. Ganhou pela vitória 760 pontos e US$ 146.000,00 para o ranking. A diferença dele para o líder é de 220 pontos apenas.

Jess Lockwood, campeão mundial da PBR em 2017, está com o ombro machucado e esta vendo sua liderança ameaçada pela performance dos seus adversários. Se continuar no ritmo, é bem provável que João assuma a ponta da tabela na próxima etapa, visto que Jess ainda fica sem montar por algumas semanas.

Com essa soma importante pelo título, João alcançou a marca de mais de US$ 400.000,00 em ganhos em seis Iron's que participou. Convertidos para a nossa moeda, dá algo em torno de R$ 1,5 milhão. Entre os planos, está o de construir uma casa para seu pai, João Batista.

Aos 34 anos, está muito feliz com o que tem feito nessa temporada até agora. "É incrível vencer este evento três vezes. Nós nem sequer tivemos caras que ganharam dois, imagine três!", disse o nove vezes o campeão mundial Ty Murray como comentarista da CBS Sports.

Na carreira pela PBR como atleta de Montaria em Touros João tem hoje US$ 2.196,382,34 em ganhos. Está entre os 15 que já ultrapassarem os dois milhões de dólares. Dessa lista, é o único que não tem título mundial. Mas isso pode mudar este ano, já que vem fazendo uma ótima temporada.

Dois atletas somaram pontos suficientes para ficar em segundo/terceiro lugares empatados. O brasileiro Alisson de Souza, que vem em uma crescente impressionante, e Cannon Cravens terminaram com 125 pontos. Cravens foi o melhor do round 1, 87,25 pontos, e Alisson ganhou a segunda rodada, 87,25 pontos também, no Acting Crazy.

Com a pontuação e ainda US$ 10.600,00 adicionados, Alisson pulou de 15° para 9° lugar no ranking mundial. Cravens agora é o 12° do ranking. Luciano de Castro, 5° melhor atleta do ranking no momento, ficou em quarto/quinto lugares, 75 pontos, empatado com Brennon Eldred. Em sexto e sétimo, dois brasileiros.

Alan de Souza, irmão gêmeo de Alisson, ficou com a sexta posição nessa etapa, 66,5 pontos. José Vitor Leme, atual quarto colocado do ranking mundial, pontuou em sétimo, 66 pontos. Do Brasil, também obtiveram pontos: Emilio Resende, Silvano Alves e Lucas Divino.

Conhecido por seus papéis de ação em Hollywood, especialmente como Rocky Balboa, Sylvester Stallone colocou chapéu e esteve acompanhando essa etapa de perto, vendo os bastidores do rodeio. Assistiu, inclusive, um touro batizado em sua homenagem se apresentar.

'Yo Adrian! I did it' é uma frase icônica dita por seu personagem mais famoso em Rocky II. Antes chamado de Max Bet, o touro teve seu nome alterado para essa etapa por Chad Berger, tropeiro, e o CEO da PBR, Sean Gleason. Impressionado com tudo que viu atrás dos bretes, o ídolo vibrou com a performance de Dakota Buttar em cima de Yo Adrian.

Tanto Buttar como Gleason, Berger e tantas outras pessoas que estavam no recinto, são fãs incondicionais de Stallone.  Saber que ele esteve por todos os lugares e conheceu tudo de perto, e ainda mais, gostou do que viu, foi uma honra para o esporte.

João Ricardo Vieira conquistou o terceiro Iron Cowboy da PBR americana

26/02/2019

O nome dele é João Ricardo Vieira, mas pode chamar de João Ricardo 'Iron Cowboy' Vieira. De Itatinga, o brasileiro chegou ao recorde do terceiro título na etapa Iron Cowboy da Professional Bull Riders. Uma multidão no STAPLES Center, em Los Angeles, o aplaudiu de pé. Além desses, ele também foi Iron Cowboy ano passado pela PBR Brasil, no rodeio de Americana.

João foi o único a para em três touros e o único a parar no touro da terceira rodada. Aliás, para selar de vez o título de Cowboy de Aço 2019, ele marcou nada menos que 90,25 pontos a bordo de Cochise. Ganhar essa etapa estava nos planos de todos os atletas, por conta da alta pontuação.

Nesse evento Major da PBR, um formato especial é aplicado. A cada rodada, só quem atinge os oito segundos regulamentares avança para a rodada seguinte. De terceiro melhor do mundo, João agora é o número dois. Ganhou pela vitória 760 pontos e US$ 146.000,00 para o ranking. A diferença dele para o líder é de 220 pontos apenas.

Jess Lockwood, campeão mundial da PBR em 2017, está com o ombro machucado e esta vendo sua liderança ameaçada pela performance dos seus adversários. Se continuar no ritmo, é bem provável que João assuma a ponta da tabela na próxima etapa, visto que Jess ainda fica sem montar por algumas semanas.

Com essa soma importante pelo título, João alcançou a marca de mais de US$ 400.000,00 em ganhos em seis Iron's que participou. Convertidos para a nossa moeda, dá algo em torno de R$ 1,5 milhão. Entre os planos, está o de construir uma casa para seu pai, João Batista.

Aos 34 anos, está muito feliz com o que tem feito nessa temporada até agora. "É incrível vencer este evento três vezes. Nós nem sequer tivemos caras que ganharam dois, imagine três!", disse o nove vezes o campeão mundial Ty Murray como comentarista da CBS Sports.

Na carreira pela PBR como atleta de Montaria em Touros João tem hoje US$ 2.196,382,34 em ganhos. Está entre os 15 que já ultrapassarem os dois milhões de dólares. Dessa lista, é o único que não tem título mundial. Mas isso pode mudar este ano, já que vem fazendo uma ótima temporada.

Dois atletas somaram pontos suficientes para ficar em segundo/terceiro lugares empatados. O brasileiro Alisson de Souza, que vem em uma crescente impressionante, e Cannon Cravens terminaram com 125 pontos. Cravens foi o melhor do round 1, 87,25 pontos, e Alisson ganhou a segunda rodada, 87,25 pontos também, no Acting Crazy.

Com a pontuação e ainda US$ 10.600,00 adicionados, Alisson pulou de 15° para 9° lugar no ranking mundial. Cravens agora é o 12° do ranking. Luciano de Castro, 5° melhor atleta do ranking no momento, ficou em quarto/quinto lugares, 75 pontos, empatado com Brennon Eldred. Em sexto e sétimo, dois brasileiros.

Alan de Souza, irmão gêmeo de Alisson, ficou com a sexta posição nessa etapa, 66,5 pontos. José Vitor Leme, atual quarto colocado do ranking mundial, pontuou em sétimo, 66 pontos. Do Brasil, também obtiveram pontos: Emilio Resende, Silvano Alves e Lucas Divino.

Conhecido por seus papéis de ação em Hollywood, especialmente como Rocky Balboa, Sylvester Stallone colocou chapéu e esteve acompanhando essa etapa de perto, vendo os bastidores do rodeio. Assistiu, inclusive, um touro batizado em sua homenagem se apresentar.

'Yo Adrian! I did it' é uma frase icônica dita por seu personagem mais famoso em Rocky II. Antes chamado de Max Bet, o touro teve seu nome alterado para essa etapa por Chad Berger, tropeiro, e o CEO da PBR, Sean Gleason. Impressionado com tudo que viu atrás dos bretes, o ídolo vibrou com a performance de Dakota Buttar em cima de Yo Adrian.

Tanto Buttar como Gleason, Berger e tantas outras pessoas que estavam no recinto, são fãs incondicionais de Stallone.  Saber que ele esteve por todos os lugares e conheceu tudo de perto, e ainda mais, gostou do que viu, foi uma honra para o esporte.

Imagem retirada de http://www.violashow.com.br/noticias/esportes/2019/02/26/joao-ricardo-vieira-conquistou-o-terceiro-iron-cowboy-da-pbr-americana.html#.XHUoRaCnfcc

Jornal do Rodeio

Acesse também:

Facebook Orkut Twitter