Acesse também:

Facebook Twitter Orkut

Hoje é 18 de Outubro de 2019 - 07:04h

Cadernos
Rodeios
voltar

Keyla Polizello conquista segundo lugar pela PRCA na Louisiana

A ProRodeo estima 700 etapas ao longo desse ano.

Imagem retirada de http://www.violashow.com.br/noticias/esportes/2019/09/25/keyla-polizello-conquista-segundo-lugar-pela-prca-na-louisiana.html#.XZM69H-nfcc

Imagem retirada de http://www.violashow.com.br/noticias/esportes/2019/09/25/keyla-polizello-conquista-segundo-lugar-pela-prca-na-louisiana.html#.XZM69H-nfcc

Toda rodada de 16 a 22 de setembro do campeonato mundial de rodeio pela PRCA pagou premiação de US$ 500 mil. Foram 14 etapas e, para esse número, o valor total que os competidores tinham à disposição não foi muito alto. Era a penúltima semana da temporada regular, últimas chances para alguns atletas de alcançar a zona de classificação para a National Finals Rodeo. A ProRodeo estima 700 etapas ao longo desse ano.

Entre os destaques da semana, como Taylor Broussard que marcou a maior nota de Bareback Riding da rodada, 89 pontos na Amarillo (Texas) Tri-State Fair and Rodeo; ou Blake Mindemann, menor tempo da rodada no Steer Wrestling, 3s5; para nós brasileiros em especial, o segundo lugar de Keyla Polizello Costa no Springhill PRCA Rodeo foi bastante comemorado. "Nossa, é uma sensação de alegria misturada com alivio. Semana após semana na estrada, competindo contra muitos cavalos bons", conta a brasileira.

A cada etapa nos Três Tambores, Keyla disputa com mais de 100 conjuntos. Entre eles os nomes que estão no topo do ranking, competidoras que ela sempre admirou, campeãs mundiais. Conseguir ficar com a segunda colocação em um rodeio da PRCA para ela foi uma grande vitória. "Não estou acreditando até agora. Estou muito muito muito feliz. Foi um final de semana abençoado". Seu tempo foi 15s63 e a premiação US$ 1.127,00.

Keyla também ficou em nono lugar no 75th Annual Four States Fair & Rodeo. Esse rodeio fica em Texarkana, Arkansas e aconteceu de 19 a 21 de setembro. Marcou 15s20 e somou ao ranking mundial US$ 407,00. Ela agora está em 161° lugar, tendo subido mais de dez posições nos últimos dias. Sua missão nos Três Tambores para figurar entre as 50 melhores do mundial tem tudo para ser alcançada em breve.

"Faltando uma semana para fechar o ranking, estimo terminar entre 160 e 170 do mundo. Colocação muito importante, pois já me dá o direito de correr alguns rodeios no próximo ano que eu não conseguia, como Denver e Fort Worth. Podendo entrar em rodeios como esse, tenho chance maior de estar entre as 80 ou 60 melhores do mundo, que é meu objetivo ano que vem. Ai por exemplo, poderia ir em Houston ou San Antonio", explica Keyla.

Esse ano, era uma meta dela tentar chegar no top 80, mas como as viagens são junto com o marido e eles só puderam começar a temporada em abril, de 70 rodeios que podia ter ido, Keyla foi a 40. "Cada dólar conta, mas essas últimas rodadas foram ótimas para encerrar esse ano um pouco mais para cima no ranking. Pontuei em cinco etapas e já estou ansiosa para recomeçar o campeonato, agora desde o início".

Alguns dólares na conta também para o marido de Keyla, Marcos Alan Costa, campeão mundial de Tie-Down Roping em 2017. Ficou em segundo lugar no Buffalo Stampede PRCA Rodeo, em Buffalo, Texas, que aconteceu dias 20 e 21 de setembro. Marquinhos marcou 8s5 e somou US$ 744,00. Ele também foi quinto lugar em Springhill, Louisiana, com 8s8 ganhando mais US$ 465,00. É o 19° do mundo com US$ 71.289,01

Springhill, aliás, deu sorte para os brasileiros. Junior Nogueira também pontuou por lá, quarto lugar com seu parceiro Kaleb Driggers, laçando em 5s2 e levando US$ 1.020,00. Juninho, líder do Laço Pé com  US$ 113.191,37, e Kaleb foram décimo lugar em Texarkana, 5s6, US$ 151,00. Eles estão liderando em Pasadena, Texas, mas o rodeio só acaba dia 26. Marquinhos também está bem nessa etapa, quarto na média até o momento.

Fonte: Viola Show, escrita por Luciana Omena

Keyla Polizello conquista segundo lugar pela PRCA na Louisiana

01/10/2019

Toda rodada de 16 a 22 de setembro do campeonato mundial de rodeio pela PRCA pagou premiação de US$ 500 mil. Foram 14 etapas e, para esse número, o valor total que os competidores tinham à disposição não foi muito alto. Era a penúltima semana da temporada regular, últimas chances para alguns atletas de alcançar a zona de classificação para a National Finals Rodeo. A ProRodeo estima 700 etapas ao longo desse ano.

Entre os destaques da semana, como Taylor Broussard que marcou a maior nota de Bareback Riding da rodada, 89 pontos na Amarillo (Texas) Tri-State Fair and Rodeo; ou Blake Mindemann, menor tempo da rodada no Steer Wrestling, 3s5; para nós brasileiros em especial, o segundo lugar de Keyla Polizello Costa no Springhill PRCA Rodeo foi bastante comemorado. "Nossa, é uma sensação de alegria misturada com alivio. Semana após semana na estrada, competindo contra muitos cavalos bons", conta a brasileira.

A cada etapa nos Três Tambores, Keyla disputa com mais de 100 conjuntos. Entre eles os nomes que estão no topo do ranking, competidoras que ela sempre admirou, campeãs mundiais. Conseguir ficar com a segunda colocação em um rodeio da PRCA para ela foi uma grande vitória. "Não estou acreditando até agora. Estou muito muito muito feliz. Foi um final de semana abençoado". Seu tempo foi 15s63 e a premiação US$ 1.127,00.

Keyla também ficou em nono lugar no 75th Annual Four States Fair & Rodeo. Esse rodeio fica em Texarkana, Arkansas e aconteceu de 19 a 21 de setembro. Marcou 15s20 e somou ao ranking mundial US$ 407,00. Ela agora está em 161° lugar, tendo subido mais de dez posições nos últimos dias. Sua missão nos Três Tambores para figurar entre as 50 melhores do mundial tem tudo para ser alcançada em breve.

"Faltando uma semana para fechar o ranking, estimo terminar entre 160 e 170 do mundo. Colocação muito importante, pois já me dá o direito de correr alguns rodeios no próximo ano que eu não conseguia, como Denver e Fort Worth. Podendo entrar em rodeios como esse, tenho chance maior de estar entre as 80 ou 60 melhores do mundo, que é meu objetivo ano que vem. Ai por exemplo, poderia ir em Houston ou San Antonio", explica Keyla.

Esse ano, era uma meta dela tentar chegar no top 80, mas como as viagens são junto com o marido e eles só puderam começar a temporada em abril, de 70 rodeios que podia ter ido, Keyla foi a 40. "Cada dólar conta, mas essas últimas rodadas foram ótimas para encerrar esse ano um pouco mais para cima no ranking. Pontuei em cinco etapas e já estou ansiosa para recomeçar o campeonato, agora desde o início".

Alguns dólares na conta também para o marido de Keyla, Marcos Alan Costa, campeão mundial de Tie-Down Roping em 2017. Ficou em segundo lugar no Buffalo Stampede PRCA Rodeo, em Buffalo, Texas, que aconteceu dias 20 e 21 de setembro. Marquinhos marcou 8s5 e somou US$ 744,00. Ele também foi quinto lugar em Springhill, Louisiana, com 8s8 ganhando mais US$ 465,00. É o 19° do mundo com US$ 71.289,01

Springhill, aliás, deu sorte para os brasileiros. Junior Nogueira também pontuou por lá, quarto lugar com seu parceiro Kaleb Driggers, laçando em 5s2 e levando US$ 1.020,00. Juninho, líder do Laço Pé com  US$ 113.191,37, e Kaleb foram décimo lugar em Texarkana, 5s6, US$ 151,00. Eles estão liderando em Pasadena, Texas, mas o rodeio só acaba dia 26. Marquinhos também está bem nessa etapa, quarto na média até o momento.

Imagem retirada de http://www.violashow.com.br/noticias/esportes/2019/09/25/keyla-polizello-conquista-segundo-lugar-pela-prca-na-louisiana.html#.XZM69H-nfcc

Jornal do Rodeio

Acesse também:

Facebook Orkut Twitter